5 de abril de 2009

Dia triste



Um dia triste passa, deixa sua

marca em um coração latente.
O uivado de seus rastros

mexem comigo, me deixa triste.


O infindo esta contido neste
meio tempo que ele passa.

Esse rastro o condena,

é impossível escondê-lo.


O sentimento sobe a laringe

neste percurso até o olhar

deixa um nó na garganta; até que
este se rompe, e as lágrimas rolam.

É a angústia que esse dia deixa

nas entranhas que doí.

Esse dia é estranho, é amargo

e sem gosto...sem graça!


A meia noite chegou é um novo dia.
A angústia passou é alegria...
O rastro se apagou, mas a marca

deste dia ficou, que rebeldia.

Graça e Paz, xP.

Rodrigo Stankevicz.

"
Um dia frio
Um bom lugar prá ler um livro[...]
Toda fragilidade incide[...]
E tudo nascerá mais belo

O verde faz do azul com o amarelo
O elo com todas as cores..."
Djavan
Postar um comentário