12 de abril de 2009

Eucaristia


Jesus se esconde atrás do pão,
não suportaríamos sua divina luz.

Na fé, comungamos a Sagrada Comunhão,

penetra a alma, eficácia do céu produz.


Sigo com fé até a eterna claridade,

onde o alimento é o próprio Senhor.

Quando chegar o perfeito estado da eternidade,

descartar-se-á a fé, esperança, viveremos o Amor.


A quem os anjos adoram no céu,

os homens têm na terra como sacramento.

Os anjos contemplam-no sem véu,

Eucaristia, nosso divino sustento.


Através das espécies o Senhor vem nos visitar,
sacia toda a sede da alma, a se deleitar.

Esse mistério é de vossa instituição,

tão sublime obra celeste,
do homem não é invenção.


Inflama a alma, dilata o coração,

ação de graças, força no caminhar.

Sustentáculo da vida, íntima união,
Saúde da alma, alento do amar.


Graça e Paz, xP.


Rodrigo Stankevicz.

"Então Jesus lhes disse: Em verdade,
em verdade vos digo: se não comerdes a
carne do Filho do Homem, e não
beberdes o seu sangue, não tereis
a vida em vós mesmos. Quem come a
minha
carne e bebe o meu sangue tem
a vida eterna;
e eu o ressuscitarei no
último dia.
Pois a minha carne é
verdadeiramente uma comida e o
meu sangue, verdadeiramente uma
bebida.
" Jo 6,53-55
Postar um comentário