15 de dezembro de 2010

Conversão


Um jovem coração
exprime a sensibilidade
na ânsia da paixão
almeja a verdade.

No caminho da vida
a alma inquieta
prossegue abatida,
a sede desperta.

Docilidade à razão,
é suscetível a verdade,
no cerne da emoção
se encontra a felicidade.

Sedento de preencher
o vazio interior,
busca sem entender,
tudo, exceto o amor.

Por fim, encontra a resposta,
em prantos desvenda a verdade
a todos a fé é exposta,
desabrocha a espiritualidade.

Graça e Paz, xP.

Rodrigo Stankevicz.

"Tarde te amei, ó beleza tão antiga e tão nova! Tarde demais eu te amei! 
 Eis que procurava fora o que estava dentro de mim!" Santo Agostinho
Postar um comentário