9 de julho de 2011

Bonde de Santa Teresa

Salário atrasado,
Subindo Santa Teresa,
Perdi o bonde, que tristeza!

O bonde de tantas alegrias,
Que vem e que passa,
Que sobe que desce...

Sorrisos, flash´s, canções.
E os "gringos" que se deleitam
Com as mulatas...

Uns sentados, outros em pé.
Tem até descrente,
Mas a maioria é gente de fé!

Têm idosos e crianças no bonde
De Santa Teresa, negros e brancos.
Tem pobres e ricos, como o bonde
reúne todos assim?
Deve se porque o bonde é de todos!

E eu continuo subindo a pé,
à espera do próximo bonde.

Graça e Paz, xP.

Rodrigo Stankevicz.
Postar um comentário