14 de janeiro de 2010

Tudo me lembra você



Tudo ao meu redor lembra você,
Como viver sem seu amor?
Um simples pássaro a cantarolar,
é suficiente para evadir o torpor.

Minha mente está inata a você
Como a luz do sol esta ao amanhecer.
Meus pensamentos ao menos desligam
de você com o apagão do anoitecer.

Estremeço diante do seus olhos,
Meu ser entra em catarse ao te ver.
Seus lábios nos meus, a mais bela junção,
Tão puro amor não merece tanto sofrer.

O simples contanto de sua pele na minha
causa uma sensibilidade que arde o coração.
Seu cheiro solto no ar deixa-me em delirio,
A lembrança comove-me, sinto grande paixão.

Cada instante ao seu lado são horas eternas,
Não quero que passem sem que eu as viva.
Seus olhos, sua boca, me perco em você,
Você é a felicidade chegando em minha vida.

Graça e Paz, xP.

Rodrigo Stankevicz
Postar um comentário