24 de fevereiro de 2010

Sentimento indelével


Nosso sentimento é indelével
Inalterável, suntuoso
Da afinidade à paixão
Chegou a intenso amor
Nele há atrito, que gera calor
Calor de carinho, de proteção
Cauterizamos nossas impurezas
Da dor é extraida a limpidez
Dialogamos com nossas fraquezas
Para delas obtermos vida.
Nosso amor está em construção
Juntos aprendemos a aprender
Subimos a escada da existência
Sempre nos passos da verdade
Somos borboletas da paixão
Que pousam nas flores do amor
Um dia essa borboleta era lagarto,
E essa flor era espinho.
Da crisálida surge a esperança
Do espinho a transformação.
Do amor inconfundível surge
O mais belo sentimento do coração.

Graça e Paz, xP.

Rodrigo Stankevicz
Postar um comentário