11 de maio de 2014

Regaço Acolhedor


         Desejei feliz dia das mães para minha coroa. Falei o quanto a amo, agradeci por todo seu amor e dedicação ao me criar e educar. Enquanto falava com ela ao telefone pensei que esse dia era vazio para muitas pessoas. Pensei na nas crianças órfãs nos orfanatos, que por diversos motivos foram parar lá; pensei nas crianças de rua, que são criadas e educadas pela violência, gritaria e desprezo. Pensei ainda nos adultos com relacionamentos feridos com suas mães, mágoas e ressentimentos antigos que fazem deste dia um vale de lágrimas. Também lembrei nos filhos que já sepultaram suas mães e esse dia traz dor pela perda e saudades da progenitora. Não pude esquecer dos filhos que acompanham suas mães em leitos de hospitais, o sofrimento é intrínseco a esse relacionamento filial.

         A esses guerreiros da vida vai minha reverência, minha vênia pela luta e perseverança. Aproveito e peço a Jesus em minha humilde oração, que visite com sua terna Mãe os órfãs, preenchendo o coração dessas crianças de todo consolo pelo vazio deixado por suas mães; peço a Jesus e a Virgem Maria que estejam permanentemente com as crianças de rua, e que elas tenham uma oportunidade de sair desta situação. Peço a graça de Deus pela cura dos relacionamentos feridos, para que o dia de amanhã não seja de culpa e lamentação. Por fim, invoco o Espírito Santo sobre todos os filhos que choram pela perda de suas mães e que o dom da perseverança recaia sobre aqueles que acompanham suas mães em hospitais. E você que pode ame, abrace, festeje, curta, compartilhe e agradeça pelo amor de sua mãe. Quem nunca ouviu alguém falar: "Mãe é mãe", ela é insubstituível, é o rosto materno de Deus.

Feliz dia das mães!
Postar um comentário